Canal principal do Porto de Itaguaí tem profundidade ampliada para 20 metros ¿Encontraste un error? Avísanos

Por Redacção PortalPortuario.cl

@PortalPortuario


A profundidade máxima do canal principal do Porto de Itaguaí foi ampliada para 20 metros. A homologação da Marinha do Brasil (MB) foi publicada no último dia 24 de maio, após análise de um levantamento hidrográfico realizado próximo a boia nº 5, onde foi executado o corte em uma área de fundo rochoso, que antes limitava a profundidade em 19,5 metros. A informação é da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), Autoridade Portuária responsável pela administração do porto.

Segundo o superintendente de Gestão Portuária de Itaguaí e Angra dos Reis, Alexandre Neves, o fundo rochoso em questão foi descoberto em 2009, durante uma dragagem, e foi necessária sua derrocagem para igualar a profundidade do trecho com a profundidade do restante do canal: “A intervenção, iniciada em agosto de 2021, foi contratada pelo Porto Sudeste mediante contrato de doação firmado com a Docas do Rio, e foi finalizada em abril deste ano”.

Alexandre Neves ressaltou que “a remoção de aproximadamente 108m3 de rocha submersa, embora no licenciamento ambiental estivessem autorizados até 900 m3, foi realizada com uma metodologia limpa, sustentável e inovadora – com fio diamantado, sem necessidade de explosão e seguindo as melhores práticas, com registros constantes de monitoramento ambiental, além de ter passado por vistorias técnicas do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), da equipe de Sustentabilidade do Negócio da CDRJ e da Delegacia da Capitania dos Portos em Itacuruçá”.

Com a regularização dos novos parâmetros de profundidade do canal de acesso, o superintendente disse que os objetivos do projeto foram alcançados: “a ampliação da profundidade proporcionará melhores condições de segurança à navegação e permitirá o aumento da eficiência operacional e da competitividade para as atividades do Complexo Portuário da Baía de Sepetiba, que engloba o Porto de Itaguaí e terminais privados”.


Compartir




Ver mais conteúdos