Codeba e VLI firmam acordo para ampliar movimentação de cargas na Bahia ¿Encontraste un error? Avísanos

Por Redacção PortalPortuario.cl

@PortalPortuario


A Companhia das Docas do Estado da Bahia (CODEBA) e a Valor da Logística Integrada S.A. (VLI) -empresa logística que opera ferrovias- assinaram, no último dia 10 de janeiro de 2022, um Memorando de Entendimento (MOU) que valida a intenção de incrementar a movimentação de cargas no Estado com destino aos portos baianos.

O propósito desta, e de outras parcerias já em andamento, é buscar sinergia com o setor logístico para incremento de cargas nos Portos administrados pela CODEBA (Salvador, Aratu-Candeias e Ilhéus).

Conforme ressalta a diretora Empresarial e de Relação com o Mercado (DERM), Dra. Ana Paula Calhau, “a proposta central é garantir melhoria da infraestrutura e eficiência dos Portos Organizados baianos, seguindo orientações da política setorial do Governo Federal. Como autoridade portuária, mostramos para os nossos parceiros privados que estamos investindo nesse fomento positivo para o desenvolvimento econômico da região”.

Figuras

A CODEBA registrou, no acumulado de 2021, a movimentação de 13.491.011 toneladas de cargas nos Portos Públicos, crescimento de 15,92% se comparado ao resultado de 2020, quando 11.637.780 toneladas foram movimentadas. O volume representa novo recorde histórico para a Companhia, acima da marca de 2017, quando 11,8 milhões de toneladas foram operadas pelos Portos Organizados.

Destaca-se que, em dezembro, foi registrada a atividade mensal de 1.288.790 toneladas, a segunda maior, em volume de cargas, da história da CODEBA e a maior já registrada para o mês. A contribuição dos três portos foi essencial para o aumento de 17,69%, em relação ao mesmo período de 2020, quando houve movimentação de 1.095.054 toneladas. O Porto de Ilhéus obteve um crescimento de 31,96%; Aratu-Candeias, de 20%; e Salvador, de 13,53%.


 

Compartir




Ver mais conteúdos