Docas do Rio instala câmeras de videomonitoramento na Ponte Rio-Niterói ¿Encontraste un error? Avísanos

Por Redacção PortalPortuario.cl

@PortalPortuario


Por meio de um Contrato de Permissão Especial de Uso Não Oneroso firmado com a Ecoponte, a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) instalou, na Ponte Presidente Costa e Silva, cinco câmeras de CFTV que farão parte do Sistema Integrado de Videomonitoramento e Vigilância Eletrônica da Circulação de Embarcações na Baía de Guanabara.

As imagens são fornecidas pela empresa 7Lan. A instalação, que ocorreu ao longo da segunda quinzena de outubro, é um complemento às duas câmeras já instaladas no Bondinho Pão de Açúcar e à que será instalada na Fortaleza de Santa Cruz da Barra, do Exército Brasileiro.

O objetivo da Autoridade Portuária é implantar, até o 1º trimestre de 2021, um Local Port Service (LPS) nos Portos do Rio de Janeiro e Niterói.

Segundo o Gestor de VTMIS (sigla inglesa para Sistema de Gerenciamento e Informação do Tráfego de Embarcações) do Porto do Rio de Janeiro, Marcelo Villas-Bôas, “o LPS representa a primeira fase do processo de implantação do VTMIS do Rio de Janeiro, e irá ampliar a capacidade de monitoramento do tráfego aquaviário nos canais de acesso, áreas de fundeio e bacias de evolução, por meio de imagens de câmeras de alta definição”.

O VTMIS visa melhorar a segurança da navegação, pois reduz o risco de acidentes, aumentar a eficiência do tráfego de embarcações, com informações em tempo real que maximizam o uso das instalações portuárias e otimizar o uso do cais, além de reduzir o tempo de resposta a emergências.


 

Compartir





ESPECIAL COVID-19
Ver más noticias
Translate »