Exportações brasileiras crescem 37,5% em julho ¿Encontraste un error? Avísanos

Por Redacção PortalPortuario.cl

@PortalPortuario


As exportações brasileiras registraram um aumento de 37,5% em julho deste ano, na comparação com o mesmo mês de 2020, totalizando US$ 25,53 bilhões, segundo dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia.

Também comparado a julho do ano anterior, as importações apresentaram um aumento de 60,5%, e totalizaram US$ 18,13 bilhões. Desse modo, a balança comercial registrou um saldo positivo de US$ 7,40 bilhões, com um crescimento de 1,7%.

Já no acumulado de janeiro a julho de 2021, o superávit somou US$ 44,12 bilhões, com aumento de 48,6% sobre o mesmo período do ano passado.

O Diretor-Presidente da Associação Brasileira dos Terminais Portuários (ABTP), Jesualdo Silva comemora o bom desempenho das exportações e importações no mês de julho, e reafirma que os portos brasileiros estão preparados para embarcar e desembarcar com eficiência as quantidades “recordes” de mercadorias e produtos que compõem o fluxo de comércio internacional do país.

Exportação

Em julho deste ano, as exportações de todos os setores da economia registraram crescimento em relação ao mesmo mês de 2020. No setor de Agropecuária o aumento foi de 11,2%, somando US$ 5,03 bilhões. Na Indústria Extrativa o crescimento foi de 62,7%, chegando a US$ 7,32 bilhões e, por fim, na Indústria de Transformação o aumento foi de 37,7%, alcançando US$ 13,07 bilhões.

O crescimento nas exportações do setor de Agropecuária foi puxado, principalmente, pelos hortícolas (72,2%), café não torrado (8,1%) e soja (20,6%). Entre os produtos que apresentaram melhor desempenho na Indústria Extrativa estão o minério de ferro e seus concentrados (119,9%) e os óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, crus (6,0%).

Já na Indústria de Transformação o destaque foi para os farelos de soja e farinhas de carnes (58,6%), óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (115,4%) e produtos semi-acabados, lingotes e outras formas primárias de ferro ou aço (157,2%).

O principal destino das exportações brasileiras em julho foi a China, com o valor total de US$ 8,52 bilhões, o que representa um crescimento de 19,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

Importação

No fluxo das importações, destaca-se no mês de julho o aumento das importações de petróleo (124,6%), de adubos e fertilizantes (66,2%) e de partes e acessórios dos veículos automotivos (143,3%).


Compartir



ESPECIAL COVID-19
Ver más noticias