Michelin dá mais um passo para a descarbonização do transporte marítimo ¿Encontraste un error? Avísanos

Por Redacção PortalPortuario.cl

@PortalPortuario


A Michelin e a Companhia Marítima Nantaise – MN acabam de assinar um acordo de parceria para testar a vela de asa em condições reais de operação na navegação marítima comercial. Um navio porta-contêineres ro-ro será equipado com o sistema wing sail no segundo semestre de 2022 e, a partir do final do ano, duas rotas semanais entre Espanha e Grã-Bretanha vão operar com um protótipo de asa com uma superfície de 100 m² no navio MN Pélican.

A solução Wing Sail Mobility (Wisamo) é um sistema automatizado, telescópico e inflável de vela que pode ser instalado em navios mercantes e embarcações de recreio. A solução inovadora é o produto de um empreendimento colaborativo entre a área de Pesquisa & Desenvolvimento da Michelin e pela equipe da Wisamo.

Graças a esta instalação, o projeto entrará na fase de desenvolvimento industrial da nova tecnologia. Se os testes forem conclusivos, o acordo de parceria pode abrir portas para testes usando uma vela de asa maior, marcando um grande passo para a descarbonização do transporte marítimo.

A vela inflável aproveita o vento, fonte de propulsão gratuita, universal e inesgotável. Seu design revolucionário permite que um navio reduza o consumo de combustível e, assim, tenha um impacto positivo no meio ambiente, reduzindo as emissões de CO2. Ao todo, o sistema pode melhorar a eficiência de combustível de um navio em até 20%.

O sistema pode ser instalado na maioria dos navios mercantes e embarcações de recreio e usado em todas as rotas de transporte marítimo. Especialmente adequado para navios ro-ro, graneleiros e petroleiros, pode ser utilizado como equipamento original em embarcações novas ou adaptado em navios já em serviço.

Testes em veleiro já estão em andamento para o desenvolvimento técnico da solução e, até o final de fevereiro de 2022, a WISAMO passará por uma segunda fase de testes mais extensos com condições marítimas de inverno.

O projeto é a contribuição da Michelin para permitir uma mobilidade marítima mais ecológica e mais suave. A empresa também está trabalhando para reduzir o impacto ambiental de sua cadeia de abastecimento.


 

Compartir




Ver mais conteúdos