Porto de Santos registra lucro recorde para o 3º trimestre ¿Encontraste un error? Avísanos

Por Redacção PortalPortuario.cl

@PortalPortuario


A Santos Port Authority (SPA), estatal que administra o Porto de Santos, encerrou o terceiro trimestre com lucro líquido de R$ 136 milhões, a melhor marca para o período e crescimento de 38,3% na mesma base de comparação com 2021. O bom desempenho foi impulsionado sobretudo pelo aumento da receita, reflexo da forte movimentação de cargas, que registrou o melhor desempenho da história do Porto para um trimestre, alcançando 42,8 milhões de toneladas, alta de 17,2%.

No acumulado dos nove primeiros meses do ano o lucro líquido avançou 55,2% sobre o mesmo período de 2021 e totalizou R$ 416 milhões, superando o resultado do ano completo de 2021, quando a SPA teve resultado positivo de R$ 329 milhões.

A receita líquida no terceiro trimestre somou R$ 386 milhões, alta de 38,2% sobre igual intervalo de 2021, resultado (i) do ótimo desempenho na movimentação de cargas e (ii) do avanço das receitas patrimoniais, beneficiadas por reajustes contratuais e pela alocação otimizada das áreas portuárias para contratos de transição e novos arrendamentos.

Os custos totais do trimestre foram impactados pela forte campanha de dragagem de manutenção realizada no período, e registraram aumento de 76,1%, para R$ 147 milhões. Excluindo esse efeito e eventos extraordinários, os demais custos recorrentes caíram 5,7%, indicando a continuidade do rigoroso controle de custos da Companhia.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês), ajustado por eventos extraordinários relacionados com receitas e rescisões extraordinárias, recuou 9,9%, para R$ 154 milhões com margem de 43,4%, refletindo o impacto do aumento das despesas de dragagem no trimestre. No acumulado dos nove primeiros meses, o Ebitda ajustado cresceu 16,2%, alcançando R$ 573 milhões com margem de 56,8%.

O diretor de Administração e Finanças da SPA, Marcus Mingoni, destacou que o desempenho alcançado no trimestre evidencia o vigor da solidez financeira e operacional do Porto. “Os sucessivos avanços na racionalização de gastos e otimização de receitas permitiram à Companhia atingir um patamar de eficiência de alto nível, permitindo absorver impactos da magnitude que foram as fortes despesas de dragagem de manutenção no período e, ainda assim, registrar o melhor lucro para o terceiro trimestre da história do Porto”.


Compartir




Ver mais conteúdos
Translate »