Porto do Itaqui supera movimentação anual de 2021
¿Encontraste un error? Avísanos

Por Redacção PortalPortuario

@PortalPortuario


O mês de dezembro começou com números de superação para o Porto do Itaqui. Com a desatracação do navio Ji Xian Feng do berço 100, carregado com 67 mil toneladas de milho, o porto público do Maranhão superou o volume movimentado em todo o ano de 2021: 31.064 milhões de toneladas. De janeiro até este primeiro dia de dezembro, o Itaqui movimentou 31,1 milhões de toneladas de cargas e volta a fazer história.

Os grãos foram a principal carga a puxar esses resultados, com quase 19 milhões de toneladas (soja, milho e farelo), o que corresponde a um aumento de 30% em relação ao mesmo período do ano passado. Desse volume, a soja responde por 11,2 milhões de toneladas e o milho chega a 5,6 milhões de toneladas. Destaque para o crescimento da carga de milho, que está 89% acima do volume de janeiro a dezembro de 2021, quando foram registradas 2,9 milhões de toneladas.

“Esse resultado vem coroar o trabalho feito por nossa equipe e por todos os envolvidos nas cadeias produtivas que movimentam as operações realizadas pelo Itaqui. Além disso, confirma a importância dos investimentos que temos feito visando a expansão de infraestrutura para atender às crescentes demandas do mercado, principalmente do Arco Norte do Brasil”, afirma o presidente do Porto do Itaqui, Ted Lago.

Os investimentos devem seguir na pauta da gestão do Porto do Itaqui, considerando a expectativa para a safra brasileira de grãos, cereais e leguminosas. De acordo com estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a produção brasileira deve atingir a marca de 288,1 milhões de toneladas em 2023, o que representa um aumento de 9,6% em relação a 2022 (25,3 milhões a mais).

No Maranhão, o plantio da soja neste ano deve ocupar cerca de 1,2 milhão de hectares, 5% mais do que a área plantada no ano passado. E a expectativa dos produtores é de que a produção de grãos no estado – soja e milho – ultrapasse a marca de 7,1 milhões de toneladas em 2023.

Com base no volume registrado até agora e no mapa de atracação para este último mês do ano, a área de planejamento da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), gestora do Porto do Itaqui, prevê fechar 2022 com movimentação acima dos 32 milhões de toneladas de cargas.


 

Compartir




Ver mais conteúdos
Translate »