Porto do Pecém supera seu melhor ano de movimentação ¿Encontraste un error? Avísanos

Por Redacção PortalPortuario

@PortalPortuario


O Porto do Pecém concluiu o último mês de outubro com a movimentação de 2.095.848 toneladas, resultado que está dando ao terminal cearense um novo recorde.

Ao longo do mês, foram 1.419.056 toneladas de cargas desembarcadas e 676.792 toneladas embarcadas para portos no Brasil e no mundo. Entre as principais cargas movimentadas estão os minérios; combustíveis minerais; ferro fundido; cereais; sal e produtos da indústria de moagem.

Com o resultado de outubro, o terminal portuário do Pecém registrou uma movimentação acumulada de 18.107.987 toneladas nos dez primeiros meses desse ano. Assim, foi superado em 7.220 toneladas o recorde registrado em 2019, quando foram movimentadas 18.100.767 toneladas ao longo de todo aquele ano.

“Esse resultado é a confirmação da retomada do crescimento das movimentações do nosso terminal. Os números indicam o melhor período acumulado da nossa história. Em dez meses superamos todo o ano de 2019, quando registramos nossa melhor movimentação desde que o Porto do Pecém foi inaugurado em 2002. Agora, ficamos com a expectativa para o encerramento de 2021, que deve nos levar a incrível marca de 20 milhões de toneladas movimentadas”, celebrou Danilo Serpa, presidente do Complexo do Pecém.

Além disso, outubro é o terceiro mês seguido em que o Porto do Pecém registra movimentação acima dos dois milhões de toneladas em um único mês. Agosto, setembro e outubro já são, portanto, considerados os meses de melhor movimentação em 2021, pois juntos somaram mais de seis milhões de toneladas movimentadas.

O Complexo do Pecém é uma joint venture, formada pelo Governo do Ceará e pelo Porto de Roterdã, responsável por gerir e desenvolver o Porto do Pecém, uma área industrial e a ZPE Ceará – zona de processamento de exportação integrada às operações do terminal portuário cearense.


 

Compartir




ESPECIAL COVID-19
Ver más noticias

Ver mais conteúdos