Terminais do Porto de Itaqui terão incentivos fiscais para obras de infraestrutura ¿Encontraste un error? Avísanos

Por Redacção PortalPortuario.cl

@PortalPortuario


O Ministério da Infraestrutura (MInfra) do Brasil aprovou três projetos para obras em terminais do Porto de Itaqui como prioritários para receber benefícios fiscais previstos no Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura (Reidi).

As propostas apresentadas pela empresa Santos Brasil Participações S/A são nas áreas IQI 03, IQI 11 e IQI 12, que foram leiloadas em 2021 e terão investimentos de R$ 535 milhões durante os contratos.

Com o enquadramento da proposta no Reidi, as isenções fiscais previstas totalizam R$ 37.860.829,33. As portarias incluem algumas intervenções, como: construção de tanques de armazenamento, construção de novo parque de bombas, instalação de pipe-racks e estruturas metálicas em perfis de aço carbono, instalação de aterramentos, arruamento, pavimentação e drenagem e outros.

Reidi

Criado pela Lei Federal nº 11.488, o Reidi tem como objetivo a desoneração da implantação de projetos de infraestrutura. O incentivo fiscal do regime consiste na suspensão da incidência das contribuições para PIS (1,65%) e Cofins (7,6%) sobre as receitas decorrentes, destinadas à utilização ou incorporação em obras de infraestrutura.


 

Compartir




Ver mais conteúdos