Transporte de cargas ferroviárias apresenta novo crescimento em abril ¿Encontraste un error? Avísanos

Por Redacção PortalPortuario.cl

@PortalPortuario


O transporte ferroviário fechou o mês de abril com crescimento de 5% do volume total transportado comparado ao mesmo período de 2020. Este foi mais um mês de crescimento em todos os setores com destaque para a movimentação de combustíveis e contêineres, o que demonstra diversificação do modal para além das commodities. Os dados são informados pela Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF) à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

O transporte de contêineres teve evolução positiva total de 39%. Já os contêineres de 40’ (TEU) tiveram aumento de 41,5% e de combustíveis, 46,5% — em grande parte justificados pela retomada de fluxos e de investimentos em segurança, via permanente e operação ferroviária.

“Os sucessivos aumentos nos volumes de cargas transportados pelas ferrovias mostram o tamanho da importância deste modal para a infraestrutura brasileira. A busca pelo reequilíbrio da matriz de transportes passa pelos investimentos que estão sendo feitos em nossas ferrovias”, afirmou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

O transporte de açúcar e carvão mineral em abril apresentou expansão de 20% e 18%, respectivamente. Já a indústria siderúrgica apresentou redução de 10%. As ferrovias associadas à ANTF registraram aumento de 12,4% no transporte de minério de ferro durante o período comparado. O transporte de carga geral também verificou aumento de 4%, gerando um crescimento acumulado de 10,2%.

“Os bons resultados comprovam que estamos no caminho certo em fomentar os projetos de concessão ferroviários, fundamentais para o escoamento de mercadorias em longas distâncias, menos poluentes e mais eficientes”, declarou o secretário nacional de Transportes Terrestres (SNTT), Marcello Costa.

A produção em abril da Rumo Malha Central, com trecho de 172 quilômetros recém-inaugurado, praticamente dobrou: houve um aumento de 98% e um volume total de 443,83 milhões de TKU (de soja) com destino ao Porto de Santos.


 

Compartir



ESPECIAL COVID-19
Ver más noticias