Porto de Imbituba recebe nova linha de longo curso que passará a operar semanalmente

Por Redação PortalPortuario

@PortalPortuario


O Porto de Imbituba, em parceria com a operadora portuária e logística Santos Brasil passou a receber a linha de longo curso da Brazil Express (Brazex) da CMA CGM.

O serviço  fará escalas no terminal de contêineres operado pela Santos Brasil, o Tecon Imbituba. O navio que inaugura a nova linha é o Hans Schulte.

A rota original liga EUA, Caribe e América Latina e com a alteração passará pelos portos de Veracruz (México), Houston e Nova Orleans (Estados Unidos), Kingston (Jamaica), Cartagena (Colômbia), Santos, Paranaguá e Imbituba no Brasil. A periodicidade será semanal, totalizando 52 escalas por ano no Porto de Imbituba.

“Além dos resultados operacionais positivos que o Porto vem desempenhando ao longo dos anos, esta conquista visa a ampliação da capacidade de atendimento à demanda do mercado e um registro importante na história do Porto de Imbituba”, avalia o diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba, Urbano Lopes de Sousa Netto.

O Tecon Imbituba, que já atendia um serviço de cabotagem com escala semanal, passa agora a atuar regularmente também com cargas de importação e exportação. A previsão é de que o novo serviço movimente aproximadamente 80 mil TEUs por ano.

Com esse novo marco, Imbituba torna-se uma importante alternativa logística para o comércio exterior, em especial da região Sul e também de toda SC.

De acordo com Ricardo Buteri, diretor Comercial da Santos Brasil, a conquista de um serviço regular de longo curso possibilita a ampliação dos investimentos da Companhia no porto de Imbituba, promovendo um crescimento contínuo e sustentável do terminal.

Investimentos em infraestrutura e tecnologia de ponta farão parte do aparato de ações para que o novo serviço faça parte da rotina. A atuação do terminal será com dois portêineres, 11 reach stackers e 20 caminhões para serviços internos. Para maior eficiência e agilidade na recepção e dispersão dos contêineres os gates terão OCR (optical character recognition) e aproximadamente 20 coletores de dados que darão maior posicionamento de pátio dos contêineres.

Essa conquista gera desenvolvimento para o Estado de Santa Catarina, em especial para a Região Sul Catarinense, que abriga o Porto de Imbituba.


 

Compartir
Tambien te puede interesar
Array

Translate »