Autoridades discutem melhorias na infraestrutura ferroviária para acesso aos portos do Rio de Janeiro e Itaguaí ¿Encontraste un error? Avísanos

Por Redacção PortalPortuario.cl

@PortalPortuario


Representantes da Secretaria Nacional de Transportes Terrestres do Ministério da Infraestrutura (SNTT / MInfra) do Brasil e da operadora logística MRS, que administra uma malha ferroviária nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo, visitaram os portos de Rio de Janeiro e Itaguaí. O objetivo foi discutir com os diretores e gerentes da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), e com representantes do SNTT / MInfra, melhorias na infraestrutura ferroviária de acesso aos portos.

Segundo Jean Paulo Castro e Silva, diretor de Negócios e Sustentabilidade da Docas do Rio, a chegada da delegação MRS e SNTT / MInfra aos portos administrados pela Docas do Rio faz parte do contexto de reconhecimento em campo dos investimentos propostos pela MRS , que está em processo de renovação da concessão da malha ferroviária que opera.

“O conjunto de projetos proposto pela concessionária visa aumentar a eficiência das operações logísticas através da modalidade ferroviária e oferecer maior segurança nas travessias urbanas, proporcionando ganhos de competitividade e sustentabilidade aos usuários”, afirmam Jean Paulo Castro e Silva.

O diretor explicou ainda que, “como a chegada aos portos é a última milha dos principais trechos da malha ferroviária, os investimentos propostos são fundamentais para que o fim da rota não se transforme num gargalo operacional, mitigando o Potencial de Lucro da outros investimentos que serão feitos em toda a rede. Por isso, a Docas do Rio considera de grande interesse público os projetos propostos pela MRS nos portos administrados pela empresa. ”

Após fazer a apresentação dos projetos em seu escritório aos representantes do SNTT / MInfra e Docas do Rio, a delegação do MRS visitou as áreas do Porto do Rio de Janeiro onde são propostas obras de melhoria e ampliação da infraestrutura ferroviária, bem como .como todo o contexto logístico e operacional. No Porto de Itaguaí, eles assistiram a uma apresentação sobre as linhas que atendem aos terminais arrendados e a necessidade de investimentos para melhorar o desempenho operacional dos terminais do Porto de Itaguaí.

No início deste mês de junho, a MRS divulgou um recorde diário, que atingiu a marca de 640,3 mil toneladas transportadas, considerando as diversas cargas de clientes.

“Os grandes volumes de cargas transportadas por ferrovias mostram a magnitude da importância desse modal para a infraestrutura portuária, principalmente para o transporte de longa distância, e a busca por melhorias e, por conta do seu crescimento, necessita dos investimentos planejados”, disse o CEO das Docas do Rio, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira.


 

Compartir



ESPECIAL COVID-19
Ver más noticias