Santos Brasil amplia capacidade para operar cargas gerais em Imbituba
¿Encontraste un error? Avísanos

Por Redacção PortalPortuario.cl

@PortalPortuario


A Santos Brasil ampliou sua capacidade para operar cargas gerais no Porto de Imbituba, em Santa Catarina, com a instalação de um armazém lonado de 7,5 mil m² no Tecon, aumentando a área total coberta de 8,55 mil m², do Terminal de Cargas Gerais (TCG), para 16,05 mil m². Os investimentos são da ordem de R$ 3 milhões.

Em operação desde o início de janeiro, o novo espaço abriga atualmente 9 mil toneladas de big bags de fertilizantes, sendo indicado também para a armazenagem de produtos siderúrgicos e de celulose, entre outros, protegendo contra agentes externos como chuva e umidade.

Para realizar a movimentação e armazenagem de carga geral no Tecon Imbituba, a Companhia obteve autorização da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários). “A medida foi adotada para atender a alta demanda de cargas gerais na região Sul do País. Com o crescimento, o Porto de Imbituba se tornou uma opção para essas operações e fomos em busca de uma solução com a eficiência e a segurança que são marcas da Santos Brasil”, diz Roberto Teller, diretor de Operações Portuárias.

O Porto de Imbituba alcançou um novo patamar operacional em 2022, conquistando o melhor resultado anual de sua história, com movimentação de 7,1 milhões de toneladas. Em relação ao recorde anterior, registrado em 2021, houve crescimento de 3,6% no volume movimentado.

Com localização estratégica e fácil acesso ferroviário, rodoviário e marítimo, a Santos Brasil opera em Imbituba o TCG, que dispõe de atendimento diferenciado e equipes treinadas para movimentar e armazenar cargas de alta complexidade e valor agregado, e o Tecon, que está preparado para receber os maiores navios do mundo, sem restrições físicas ou de navegação.


Compartir




Ver mais conteúdos
Translate »